jusbrasil.com.br
17 de Maio de 2021
    Adicione tópicos

    O caso bizarro do delegado evangélico que diz ter recebido revelação divina para solucionar mortes no RS e atribui culpa à um templo satânico.

    Deldi Ferreira Costa, Advogado
    Publicado por Deldi Ferreira Costa
    há 3 anos

    Após achar os corpos de duas crianças esquartejadas na cidade de Novo Hamburgo, em setembro,e os crânios não serem localizados, no local se encontrava ainda o corpo de uma mulher, que suspeita-se que seja a mãe das crianças. O primeiro delegado que assumiu o caso, na fase inicial das investigações diz que as mortes podem ter envolvimento com o tráfico de drogas.

    após o primeiro delegado entrar de férias e o segundo delegado assumir, houve um "avanço" nas investigações do caso e, o delegado diz que desvendou o que aconteceu: um ritual satânico realizado num local chamado "Templo de Lúcifer" em Gravataí, a 30 km do local onde os restos foram localizados.

    após o caso ganhar visibilidade e o delgado dar entrevista à rádio, ele se identificou como um “servo de Deus”, o delegado evangélico declarou que profetas teriam lhe indicado os caminhos para a investigação, mostrando até quem ele deveria ouvir, e por isso batizou o nome da operação de "Revelação de Deus", pois segundo ele foi tudo através de uma revelação.

    Após obter mandados judiciais, os três suspeitos foram presos em uma residência. Em depoimento à polícia, o líder do grupo afirmou ser “mestre e bruxo”, e também realizar rituais e conferências sobre o tema. Disse ainda que possui uma espécie de “pacto com o diabo” que lhe garantiria realizações financeiras e amorosas. Contudo, nega que faça sacrifícios humanos.

    O delegado diz que a pessoa que lhe passou a revelação é profeta de Deus e estava com ele no carro e disse: ‘Deus tem uma revelação para ti’… Quando cheguei à delegacia e desci do carro, um outro profeta de Deus me ligou. Ele disse: ‘Delegado Fermino. Vem aqui que tenho tudo para te passar dessas crianças que foram encontradas’… Aí eu fui lá e anotei em um caderno. Foram passadas várias testemunhas e pessoas que dariam informações. Fomos atrás dos indícios

    O delegado disse ainda que o sacrifício das crianças foi parte de um ritual para adquirir prosperidade, realizado pelo bruxo Sílvio Fernandes Rodrigues, que tem um histórico de envolvimento com magia negra. Dois homens da cidade de Novo Hamburgo pagaram R$ 25 mil para a realização do ritual satânico, e que tudo teria começado após um dos empresários ter negado Jesus em uma igreja e derramando sangue numa bíblia.

    durante a entrevista à rádio, o delegado foi perguntado se as revelações divinas não fugiriam das questões técnicas de uma investigação, e o delegado responde: “As pessoas são estranhas, não acreditam em Deus. Eu tenho fé. Ele revelou pelos seus profetas”, resumiu Firmino. Em seguida, disse que teve “revelações” para solucionar crimes no passado. “Muitos outros. Para homicídios e outros crimes. Eu já cheguei a me ajoelhar na igreja e pedir a Deus”.

    Resumo:

    A investigação diz que dois homens pagaram 25 mil reais para encomendar o ritual de sacrifício em nome do demônio Moloch. Esse ritual seria para trazer prosperidade para seus negócios imobiliários. A polícia diz ainda não saber onde está o dinheiro e vão verificar posteriormente se encontram alguma transferência nas contas dos suspeitos.

    A investigação diz que está praticamente provado que as crianças não são brasileiras por conta de exames de DNA.

    As crianças, teriam sido trocadas por um caminhão roubado. O delegado não sabe precisar onde o caminhão foi roubado, pois não há registro de B.O.

    Os indiciados negam envolvimento com o crime, e os empresários negam conhecer o dono do templo.

    O delegado diz que o dono do templo, que se declara bruxo, fala uma língua estranha que ele suspeita ser aramaico.

    Quando a polícia foi realizar uma busca no tempo encontraram uma capa e uma máscara que o delegado acredita ter sido usado no crime.

    O delegado também ainda afirma que o ritual começou com um dos empresários negando Jesus em uma igreja e derramando sangue numa bíblia. Ainda disse que várias bíblias serão analisadas para concluir qual foi a utilizada.



    Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/evangelico-delegado-disse-ter-recebido-revelacao-de-deus-para-solucionar-caso-de-templo-satanico/

    https://noticias.gospelprime.com.br/lider-de-templo-satanicoepreso-pela-morte-de-duas-criancas-no-rs/

    https://extra.globo.com/casos-de-policia/lider-de-templo-satanico-dois-seguidores-são-presos-por-suspeita-de-matar-criancas-22249941.html

    http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/jornal-do-almoco/videos/t/edicoes/v/criancas-encontradas-esquertejadas-em-novo-hamburgo-foram-mortas-em-ritual-satanico/6406349/

    4 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Transbordo de ignorância para todos os lados... continuar lendo

    Eu não sou criminalista, atuo nas áreas Cível e Trabalhista, mas vi a entrevista do tal delegado. Ele não sabia informar nada, falou que as testemunhas "profetas de Deus" e que foi Deus que teria lhe dado as informações. Depois da entrevista o delegado titular voltou rapidamente das férias e já pediu mais 60 dias para concluir o inquérito. Creio que não procuraram se havia casos de irmãos (a perícia realmente provou que as vítimas eram irmãos) desaparecidos no nordeste, já que as embalagens de sabão em que partes dos corpos foram achados era daquela região, e não do Sul (mas o delegado acha que as crianças são argentinas).Em suma, um inquérito falho, conduzido por um delegado que mal sabe falar (os erros dele são grotescos ao falar) , acompanhado de falta de perícias em provas como celulares apreendidos e até no local onde teria ocorrido o suposto "ritual". Não tenho como dizer se os presos são culpados, pois todos são inocentes até que se prove o contrário, mas o delegado foi caricato na entrevista coletiva. Ele chegou a apresentar como prova uma máscara de látex de pastor alemão, daquelas que se compra no mercado livre para o carnaval, e uma capa preta, do tipo usado por adolescentes que fazem "cosplay". Não via nada assim há anos. continuar lendo

    https://deldi.jusbrasil.com.br/noticias/544108153/reviravolta-no-caso-do-templo-satanico-no-rio-grande-do-sul continuar lendo

    O conserto do Estrago Laico no Brasil será pior do que a caça aos comunistas! continuar lendo